!ARMAS INVENCÍVEIS ----------- ARMAS INVENCÍVEIS!: OS HOMENS QUE AMEI.... ME TRAÍRAM

quinta-feira, 15 de julho de 2010

OS HOMENS QUE AMEI.... ME TRAÍRAM



Os homens que eu amei me traíram!



Quando criança, escolhi um homem para amar. Já na minha adolescência, com um corpo de menina-mulher, eu continuei com minha decisão de amar única e exclusivamente aquele homem. Para mim era uma questão de fidelidade.


Fidelidade a mim. Aos meus sentimentos. Aos meus princípios. Em Minha família, mesmo sem sermos evangélicos, meus pais SEMPRE nos orientaram (a mim e aos meus irmãos) a termos boa índole, sermos bons filhos.


EU fui fiel ao meu sentimento de amar apenas aquele homem, com o qual eu queria casar-me, até o dia em que descobri a GRANDE TRAIÇÃO. Sem nenhum pudor moral, ele colocou outra mulher na praça onde eu morava – a "nossa praça", o nosso banco - e lá ficou aos beijos e abraços com aquela vagabunda; cúmplice da destruição da nossa relação, que sabia que ele e eu éramos namorados, tínhamos um compromisso, estávamos caminhando para um casamento, quem sabe...


Senti meu chão sumir. Chorei por ANOS. E pensei: nunca mais quero amar ninguém. Amar é ruim. Ser traída é ruim.


Fiquei bem. Coloquei uma redoma ao redor de meus sentimentos. Me protegia de todos que de mim se aproximavam. Colocava uma resistência, uma barreira para não me envolver com nenhum RAPAZ SOLTEIRO. Jamais me envolveria com homem casado, claro! Minha mãe morreria se isso acontecesse!


Fiz minha decisão ao lado de Cristo e tive muitas propostas de mudança de vida espiritual. Uma nova vida. Nova criatura. Estava totalmente motivada para esta nova vida. Fui ensinada por meus pastores que namoro é coisa séria! Que devíamos namorar só com pessoa da mesma fé, ou seja, "crente". E de preferência com intenção de casar.


Como os meninos crentes da minha igreja eram todos certos, honestos, achei que os crentes em qualquer lugar também seriam.


Pronto, agora vou abrir meu coração para algum rapaz crente.


E assim fiz. Orei muito. Chorei muito. Com minha parceira de oração.


Depois de pedir todas as confirmações do Deus a quem eu servia e confiava, decidi casar com um rapaz crente. Oramos. Desafiamos o tempo. Desafiamos a fé. Tava tudo certo não tava?!


Eu crente. Ele crente. Deus abençoando. Dando tudo. TODAS AS COISAS que pedi. Firmamos um compromisso. Uma aliança diante de Deus, na igreja, diante das forças do mal, forças do bem, diante dos anjos, diante dos demônios, diante da Lei Civil do Brasil, diante de inúmeras testemunhas daquele momento, que achei que marcaria para sempre minha vida.


Nunca imaginei que sendo crente, passaria, depois de casada, pelo mesmo constrangimento que passei, sem ser crente...


A gente acha que nunca vai acontecer com a gente...


A gente acha que nunca vai acontecer com o crente, já que supostamente o crente conhece a Verdade, conhece a Palavra de Deus...


Aquele homem do passado, na minha adolescência, não era crente, não conhecia a verdade que liberta, orienta, direciona... O que dizer então daquele com o qual casei?


Você ver seus sonhos desmanchados.

Planos desfeitos...

Credibilidade sem crença.


Você chora. Você ora. Você não crê no que está acontecendo...


O chão novamente parece sumir...

A fé fica cambaleante.


Quem você confiava, quem você entregava seu corpo, sua vida, seus planos é justamente quem os destrói... Tal qual diz o salmista:


"Justamente o meu amigo íntimo, não o inimigo, mas aquele que metia a mão no prato comigo, é quem me trai"


Você pensa que Deus se esqueceu de você...


Mas você não pode esquecer que tem responsabilidades, que tem filhos a cuidar, que você é um soldado de Deus... Não pode parar de lutar ao lado de Deus.


Isso me faz lembrar a música "Nunca Pare de Lutar", da Ludmila Ferber:


“O que vem pra tentar ferir o valente de Deus, em meio às suas guerras?

Que ataque é capaz de fazê-lo olhar pra trás e querer desistir?

Cansaço, desânimo, logo após uma vitória, a mistura de um desgaste

Ou um contra-ataque do mal.

A DOR DE UMA PERDA, OU A DOR DA TRAIÇÃO

UMA QUEBRA DE ALIANÇA que é a raiz da ingratidão...

Mas ouça o que vem do coração de Deus:

Nunca pare de lutar, nunca para de adorar

Porque o escape, o descanso, a cura, a recompensa, vem..”



Então você se refugia na Palavra, que é a revelação do próprio Deus, e pede para Ele te falar ao coração, Pede para Ele acalentar teu coração...


Ninguém vence seu lutar.


E Como eu lutei.

E Como eu lutei!!!


Expus a minha vida, da minha família... achando que estava salvando, que estava consertando, restaurando um lar...




Só recebi gozações e risos de puro sarcasmo.


É inacreditável para você ouvir certas palavras, de alguém que você julga especial e único para si.


É estranho essa sensação...


Cheguei ao ponto de dizer:


DEUS, LUTE POR MIM, EU NÃO AGUENTO MAISSSSS!



Pra mim, a vitória é ter DEUS! E como Deus tem falado comigo nesses momentos de tormentas da minha vida.


Falou-me tão profundamente no texto de Isaias 54, que até parece que foi escrito especialmente para mim, para o momento que vivi, que vivo...



4 Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não sofrerás afrontas; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.


5 Pois o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor, que é chamado o Deus de toda a terra.


6 Porque o Senhor te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora rejeitada, diz o teu Deus.


9 Porque isso será para mim como as águas de Noé; como jurei que as águas de Noé não inundariam mais a terra, assim também jurei que não me irarei mais contra ti, nem te repreenderei.


10 Pois as montanhas se retirarão, e os outeiros serão removidos; porém a minha benignidade não se apartará de ti, nem será removido ao pacto da minha paz, diz o Senhor, que se compadece de ti.


11 e aflita arrojada com a tormenta e desconsolada eis que eu assentarei as tuas pedras com antimônio, e lançarei os teus alicerces com safiras.


12 Farei os teus baluartes de rubis, e as tuas portas de carbúnculos, e toda a tua muralha de pedras preciosas.


13 E todos os teus filhos serão ensinados do Senhor; e a paz de teus filhos será abundante.


14 Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque a ti não chegará.


15 Eis que embora se levantem contendas, mas isso não partirá de mim; mas todos os que contenderem contigo, cairão diante de ti.


16 Eis que eu criei o ferreiro, que assopra o fogo de brasas, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para destruir.


17 Não prosperará nenhuma arma forjada contra ti; e toda língua que se levantar contra ti em juízo e tribunais, tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justificação que de mim procede, diz o Senhor.




3 Comentários:

Às 12 de julho de 2010 21:33 , Blogger Josiel Dias disse...

Olá meus irmãos, graça e paz.

Estou passando para informar, que gostei demais deste espaço, pois é mais uma oportunidade de aprendizado. Como sempre falo: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento, do nosso Senhor Jesus Cristo.
Gostaria também de divulgar o nosso Blog,
Ficaremos felizes em vossa visita, mais ainda se seguir-nos.

“ Mensagem Edificante para Alma”
http://josiel-dias.blogspot.com/

Josiel Dias
Conselho Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro

 
Às 27 de julho de 2010 21:30 , Blogger Fran disse...

grata pela visita e comentaório. visitarei seu canto e seguirei.

Deus te abençoe

 
Às 30 de agosto de 2010 07:35 , Anonymous Anônimo disse...

bom dia
sóhoje li o seu texto. lhe conheço e louvo a Deus por sua vida.
essa é a vitória que vence o mundo, a ossa fé

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial



DEUS É INVENCÍVEL!









NUNCA PARE DE LUTAR
(Ludmila Ferber)






This Blog is best viewed
in 1024 x 768 pix.

Este Blog é melhor visualizado
em 1024 x 768 pixeis.






- TRADUZA AQUI - TRANSLATE









- PROCURE AQUI -


NESTE CAMPO



AQUI ESTÃO
REVELAÇÕES DE DEUS,
DESAFIOS FAMILIARES,
DESAFIOS DE FÉ
ARMAS DE DEUS...
ARMAS INVENCÍVEIS.

ENTRE




ARMAS INVENCÍVEIS
Quando Jesus nos disse que deixaria o Consolador aos seus discípulos. Foi uma promessa maravilhosamente cumprida. Atos 1.8 diz: “Mas recebereis PODER ao descer sobre vós o Espírito Santo...” O poder que o crente tem vem de Deus. Por isso não é errado ou em vão expulsar demônios, expulsar e curar enfermidades, restaurar altares quebrados. É Jesus quem outorga esse poder. E no nome de Jesus podemos tudo, em consonância com Ele. E quando se junta soldados espirituais, nenhum reino ou poder subsiste a ação de Deus. Porque as armas de Deus são invencíveis! Com Josafá, o povo de Deus se armou com jejum, oração e louvor e fitou os olhos em Deus. Josafá estava desesperado de medo com a multidão de inimigos que vinha contra ele, mas ele orou a Deus e pediu que o Altíssimo destruísse e castigasse esses inimigos, “pois os nossos olhos estão fitos em Ti!” Deus mandou a seguinte mensagem: “não se assustem, nem tenham medo desse enorme exército, porque essa batalha não é vossa, mas de Deus! Vocês não precisarão lutar. Fiquem parados e vede o grande livramento que o Senhor Teu Deus fará. Mas não se assustem, nem fiquem com medo” (II Crônicas 20.15. 17). Aleluias! Aleluias! Aleluias ao Deus Altíssimo. Quem poderá resistir ao poder de Deus? Quem é o mortal, o humano para que desafie ao Deus Todo Poderoso?!(Salmos 9.19-20 - BLH) Ele faz o morto ressuscitar. Ele faz o enfermo ser curado. Ele tapa a boca do leão para que os seus servos não lhe sirvam de comida. Assim aconteceu com Daniel. Porque ele tinha uma arma invencível. A ORAÇÃO. E contra as armas de Deus não há gigantes. Não há Golias, não há exércitos, não há satanás que prevaleça. Glórias, glórias, e glórias ao grande El Shadai!



A VIDA DE ORAÇÃO DE UM LÍDER

Rick Warren


Você pode aprender muito sobre uma pessoa pelo tipo de oração que ela faz. Por exemplo, uma oração egoísta indica um espírito egoísta. Você já ouviu uma oração que mais parece uma lista de pedidos… eu quero isso, quero aquilo? Algumas pessoas tentam impressionar com suas orações, mas terminam parecendo arrogantes e orgulhosos.

Para os líderes há um modelo de oração no primeiro capítulo do livro de Neemias. Lembra-se de Neemias? Quando soube da queda de Jerusalém, ele orou por 4 meses.

Esta não era apenas uma oração casual. Dá-nos um padrão de uma vida de oração com sucesso. Se quiser saber como orar, você deveria estudar o livro de Neemias – especialmente esta oração. 4 SEGREDOS DAS ORAÇÕES RESPONDIDAS EXTRAÍDAS DA VIDA DE NEEMIAS:

1. Baseie seus pedidos de oração no caráter de Deus

Ore como se soubesse que Deus responderá sua oração: “Espero que responda esta oração por causa de quem o Senhor é. O Senhor é Deus fiel. É tremendo. É amor. É maravilhoso. O Senhor pode cuidar deste problema, Deus!”

Neemias aproxima-se de Deus e fala: “Deus, quero que o Senhor faça alguma coisa em Jerusalém”. Versículo 5 diz: “Senhor, Deus dos céus, Deus grande e temível, fiel à aliança e misericordioso com os que te amam e obedecem aos teus mandamentos”. Neemias disse três coisas sobre Deus:

1. O Senhor é grande – isto é posição.
2. O Senhor é temível – isto mostra seu poder.
3. O Senhor mantém suas promessas – convênio de Deus.

A primeira coisa que Neemias fez foi reconhecer quem Deus é. Isto é adoração. Reconhecer quem Deus é e sua grandeza. Ele já começa com a perspectiva correta. Para começar a ter orações respondidas, diga: “Deus, quero que responda por causa de quem o Senhor é. O Senhor nos deu todas estas coisas, estas promessas. O Senhor é Deus fiel, Deus de amor e misericórdia” – todas estas coisas a Bíblia nos diz que Deus é. Baseie seus pedidos no caráter de Deus.

2. Confesse o pecado em sua vida.
Depois que baseou sua oração em quem Deus é, Neemias confessou seus pecados. Ele disse: “Nós pecamos”. Observe quantas vezes ele usa a palavra “eu” e “nós”. Ele fala: “Eu confesso… eu mesmo… a casa de meu pai… agimos com maldade… nós não obedecemos”. Não foi culpa de Neemias eles terem ido parar em cativeiro. Ele nem mesmo havia nascido quando isso aconteceu há 70 anos atrás. Ele, provavelmente, nasceu no cativeiro. E mesmo assim, ele está se incluindo nos pecados nacionais. Ele disse: “Eu sou parte do problema”.
Há a confissão pessoal e a confissão nacional. Quando foi a última vez que você confessou os pecados da nação? Ou os pecados de sua família? Ou da sua igreja? Ou dos seus amigos? Ou a sociedade nos ensinou apenas a sermos responsáveis por nós mesmos? E isto simplesmente não é verdade! Você é mantenedor do seu irmão. Estamos todos juntos nisso.
Os líderes aceitam a culpa, mas os perdedores passam o bastão. Se você quer ser líder, terá que aceitar a culpa e compartilhar os créditos. Perdedores são sempre acusadores e cheios de desculpas. Eles estão sempre arrumando desculpas do por que as coisas não aconteceram ou não puderam acontecer. A culpa é sempre de outra pessoa. Os líderes aceitam a culpa.

3. Reivindique as promessas de Deus

Neemias está orando ao Senhor e dizendo: “Quero que se lembre o que o Senhor disse a Moisés”. Pode se imaginar falando “se lembre” para Deus? Ele o está relembrando do que Ele havia falado no passado. “Deus, o Senhor nos avisou por meio de Moisés que se fôssemos infiéis, perderíamos a terra de Israel. Porém, também nos prometeu que se nos arrependêssemos, o Senhor nos daria de volta a terra”. Em toda a Bíblia podemos encontrar pessoas lembrando Deus sobre o que disse que iria fazer. Davi fez isto. Abraão e Moisés também. Todos os profetas o fizeram. “Deus, quero lembrá-lo de uma de suas promessas…” Então, eles a compartilharam. Deus precisa ser relembrado? Não.
Ele esquece o que havia prometido? Não.
Então, por que fazemos isso? Porque ajuda a nos lembrar o que Deus nos prometeu. Nada agrada mais a Deus do que quando o lembramos a respeito de uma de suas promessas.
As crianças se esquecem de uma promessa? Nunca.
Então, você tem que ser muito cuidadoso quando as fizer. A Bíblia diz que somos pais imperfeitos e se nós, pais imperfeitos, sabemos que temos que cumprir nossas promessas para com as nossas crianças, tanto mais nosso Pai perfeito, nosso Pai celestial tem a intenção de manter as promessas feitas em sua Palavra.

4. Seja bem específico naquilo que pedir
Se você quer respostas específicas, precisa fazer pedidos específicos. Se fizer orações generalizadas, como saberá que foram respondidas?
Neemias não foi hesitante ao orar por sucesso. Ele foi bastante corajoso em sua oração. Você já orou alguma vez: “Senhor, faça-me um sucesso!” Se não, por que não? Qual a alternativa? Um fracasso? Não há nada de errado com a oração pelo sucesso, se o que está fazendo é para a glória de Deus. Ore corajosamente. Ore para que Deus o faça um sucesso em sua vida para a glória de Deus. Isto foi o que Neemias fez. Esta é uma oração válida. Dê-me sucesso!
Se você não pode pedir a Deus que faça com que você seja um sucesso naquilo que está fazendo, você deveria estar fazendo outra coisa qualquer. Deus não quer desperdiçar sua vida.









========............=======

O ANEL
(Autor: desconhecido)

- Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada.

Dizem-me que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota.
Como posso melhorar?
O que posso fazer para que me valorizem mais?
O professor sem olhá-lo, disse:
- Sinto muito meu jovem, mas não posso te ajudar, devo primeiro resolver meu próprio problema.
Talvez depois
. E fazendo uma pausa falou:
- Se você me ajudasse, eu poderia resolver este problema com mais rapidez e depois talvez possa te ajudar.
- C...Claro, professor, gaguejou o jovem
. Mas se sentiu outra vez desvalorizado e hesitou em ajudar seu professor.
O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno e deu ao garoto e disse:
- Monte no cavalo e vá até o mercado.
Devo vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida.
É preciso que obtenhas pelo anel o máximo possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro.
Vá e volte com a moeda o mais rápido possível.
O jovem pegou o anel e partiu.
Mal chegou ao mercado começou a oferecer o anel aos mercadores.
Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel.
Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel.
Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas.
Depois de oferecer a jóia a todos que passaram pelo mercado, abatido pelo fracasso montou no cavalo e voltou.
O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de seu professor e assim podendo receber ajuda e conselhos.
Entrou na casa e disse:
- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu.
Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.
- Importante o que disse meu jovem, contestou sorridente, devemos saber primeiro o valor do anel.
Volte a montar no cavalo e vá até o joalheiro.
Quem melhor para saber o valor exato do anel?
Diga que quer vender o anel e pergunte quanto ele te dá por ele.
Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda, volte aqui com meu anel.
O jovem foi até o joalheiro e lhe deu o anel para examinar.
O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:
- Diga ao seu professor, se ele quer vender agora, que não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.
- 58 MOEDAS DE OURO!!! - exclamou o jovem.
- Sim, replicou o joalheiro, eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...
O jovem correu emocionado à casa do professor para contar o que ocorreu.
- Senta, disse o professor.
E depois de ouvir tudo que o jovem lhe contou disse:

- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única.
E que só pode ser avaliada por um experto.
Pensava que qualquer um poderia descobrir o seu verdadeiro valor???
E dizendo isso voltou a colocar o anel no dedo.
- Todos somos como esta jóia.
Valiosos e únicos e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.
Ninguém pode te fazer sentir inferior sem seu consentimento.









::PESSOAS NO CAMPO::
Contador de acessos






free counters








FILME - "A V I R A D A"

















AMOR NÃO COBRA...
(Arthur da Távora)

O amor quando maduro não é menor em intensidade.
Ele é apenas silencioso.
Não é menor em extensão.
É mais definido colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações.
Presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas.
Amplia-se com as ausências significativas.
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo.
Mas vive dos problemas da felicidade.
Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem, o prazer.
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.
Na felicidade está o encontro de peles,
o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro -
está a compreensão antecipada,
a adivinhação, o presente de valor interior,
a emoção vivida em conjunto,
os discursos silenciosos da percepção,
o prazer de conviver, o equilíbrio entre carne e espírito.
O amor maduro é a valorização do melhor do outro e
a relação com a parte salva de cada pessoa.
Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois,
vive do que jamais fermentou,
criando dimensões novas para sentimentos antigos,
jardins abandonados, cheios de sementes.
Até o amor por Deus, amadurece quando se aprofunda e estende.
O amor, qualquer amor, quando maduro,
não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não percebe, recebe.
Não exige, oferece.
Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.
















DEUTERONÔMIO 28


BÊNÇÃOS DE QUEM OBEDECE A DEUS

1 Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra;

2 e todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, se ouvires a voz do Senhor teu Deus:

3 Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo. 4 Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto do teu solo, e o fruto dos teus animais, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.

5 Bendito o teu cesto, e a tua amassadeira.

6 Bendito serás quando entrares, e bendito serás quando saíres.

7 O Senhor entregará, feridos diante de ti, os teus inimigos que se levantarem contra ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos rugirão da tua presença.

8 O Senhor mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros e em tudo a que puseres a tua mão; e te abençoará na terra que o Senhor teu Deus te dá.

9 O Senhor te confirmará para si por povo santo, como te jurou, se guardares os mandamentos do Senhor teu Deus e andares nos seus caminhos.

10 Assim todos os povos da terra verão que és chamado pelo nome do Senhor, e terão temor de ti.

11 E o Senhor te fará prosperar grandemente no fruto do teu ventre, no fruto dos teus animais e no fruto do teu solo, na terra que o Senhor, com juramento, prometeu a teus pais te dar.

12 O Senhor te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar à tua terra a chuva no seu tempo, e para abençoar todas as obras das tuas mãos; e emprestarás a muitas nações, porém tu não tomarás emprestado.

13 E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás por cima, e não por baixo; se obedeceres aos mandamentos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, para os guardar e cumprir,

14 não te desviando de nenhuma das palavras que eu hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, e não andando após outros deuses, para os servires.






MALDIÇÕES DE QUEM NÃO OBEDECE A DEUS

15 Se, porém, não ouvires a voz do Senhor teu Deus, se não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno, virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:

16 Maldito serás na cidade, e maldito serás no campo.

17 Maldito o teu cesto, e a tua amassadeira.

18 Maldito o fruto do teu ventre, e o fruto do teu solo, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.

19 Maldito serás ao entrares, e maldito serás ao saíres.

20 O Senhor mandará sobre ti a maldição, a derrota e o desapontamento, em tudo a que puseres a mão para fazer, até que sejas destruído, e até que repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, pelas quais me deixaste.

21 O Senhor fará pegar em ti a peste, até que te consuma da terra na qual estás entrando para a possuíres.

25 O Senhor fará que sejas ferido diante dos teus inimigos; por um caminho sairás contra eles, e por sete caminhos fugirás deles; e serás espetáculo horrendo a todos os reinos da terra.

28 o Senhor te ferirá com loucura, com cegueira, e com pasmo de coração.

29 Apalparás ao meio-dia como o cego apalpa nas trevas, e não prosperarás nos teus caminhos; serás oprimido e roubado todos os dias, e não haverá quem te salve.

30 Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela; edificarás uma casa, porém não morarás nela; plantarás uma vinha, porém não a desfrutarás.

32 Teus filhos e tuas filhas serão dados a outro povo, os teus olhos o verão, e desfalecerão de saudades deles todo o dia; porém não haverá poder na tua mão.

33 O fruto da tua terra e todo o teu trabalho comê-los-á um povo que nunca conheceste; e serás oprimido e esmagado todos os dias.

34 E enlouquecerás pelo que hás de ver com os teus olhos.

45 Todas estas maldições virão sobre ti, e te perseguirão, e te alcançarão, até que sejas destruído, por não haveres dado ouvidos à voz do Senhor teu Deus, para guardares os seus mandamentos, e os seus estatutos, que te ordenou.

46 Estarão sobre ti por sinal e por maravilha, como também sobre a tua descendência para sempre.

47 Por não haveres servido ao Senhor teu Deus com gosto e alegria de coração, por causa da abundância de tudo,

48 servirás aos teus inimigos, que o Senhor enviará contra ti, em fome e sede, e em nudez, e em falta de tudo; e ele porá sobre o teu pescoço um jugo de ferro, até que te haja destruído.

58 Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro, para temeres este nome glorioso e temível, o Senhor teu Deus;

59 então o Senhor fará espantosas as tuas pragas, e as pragas da tua descendência, grandes e duradouras pragas, e enfermidades malignas e duradouras;

60 e fará tornar sobre ti todos os males do Egito, de que tiveste temor; e eles se apegarão a ti.

61 Também o Senhor fará vir a ti toda enfermidade, e toda praga que não está escrita no livro desta lei, até que sejas destruído...














TIPOS DE VIOLÊNCIA
COMETIDA CONTRA A MULHER

A violência contra a mulher pode se manifestar de várias formas e com diferentes graus de severidade. Estas formas de violência não se produzem isoladamente, mas fazem parte de uma seqüência crescente de episódios, do qual o homicídio é a manifestação mais extrema.

Violência Psicológica

É toda ação ou omissão que causa ou visa causar dano á auto-estima, à identidade ou ao desenvolvimento da pessoa. Inclui:

• Insultos constantes

• Humilhação

• Desvalorização

• Chantagem

• Isolamento de amigos e familiares

• Ridicularização

• Rechaço

• Manipulação afetiva

• Exploração

• Negligência (atos de omissão a cuidados e proteção contra agravos evitáveis como situações de perigo, doenças, gravidez, alimentação, higiene, entre outros)

• Ameaças

• Privação arbitraria da liberdade (impedimento de trabalhar, estudar, cuidar da aparência pessoal, gerenciar o próprio dinheiro, brincar, etc.)

• Confinamento doméstico

• Criticas pelo desempenho sexual

• Omissão de carinho

• Negar atenção e supervisão.

(http://www.sosmulherfamilia.org.br)














4 PROBLEMAS ENTRE MARIDOS E ESPOSAS - OS FILHOS

Eu me lembro de uma reunião que fui, fiquei com um jovem pastor. Eu fiquei na sua casa e tive uma chance de conversar com ele enquanto estava lá.

Eu podia ver algumas coisas que não estavam certas na sua casa. A primeira de todas, ele não tratava a esposa bem. Ele era muito egoísta. Ele estava andando na carne mais do que estava andando no Espírito. Segundo, ele não tratava seus filhos bem. E terceiro, ele não era capaz de controlar seu temperamento. Ele perdia as estribeiras por pequenas coisas. E se sua esposa ou filhos se opusessem a ele pelo menos um pouco, ele era propenso a bater ou dar palmadas neles. Bem, eu sei que: se ele não pode controlar seu temperamento, ele não pode controlar seu apetite físico, nem por comida nem por sexo.

Meu costume naquele tempo era jejuar dois dias por semana. Eu bebia água, mas não comia nada. Quando eu jejuava, eu jejuava para o Senhor. Isto não era algo que eu compartilhava com outros; eu guardava isso comigo. Mas quando eu ficava na casa de alguém, eles percebiam que eu não estava comendo.

Este jovem pastor percebeu que eu estava jejuando e disse: “Eu não posso jejuar. Eu nunca fui capaz de jejuar, até mesmo uma refeição”. Há algo errado com alguém que não jejua no mínimo uma refeição, salvo se uma pessoa está sob uma condição médica. Nós deveríamos ter algum controle sobre nossos apetites. Então conversando com ele, eu descobri que ele não poderia ir até mesmo para uma convenção sozinho, porque ele não poderia ficar sem sexo.

Eu podia ver o que estava acontecendo. Por uma coisa, ele não estava vivendo certo diante dos seus filhos. Então eu disse: “Sabe, você vai perder todos os seus filhos!”

Muitas pessoas cometem erros dizendo: “Deus prometeu isto, e Deus disse aquilo. Eu creio em Deus. Estou fazendo a confissão certa”. E elas esquecem tudo sobre a maneira que estão vivendo. Não importa quantas confissões certas você está fazendo. Se você não está vivendo de maneira correta, não vai funcionar!

Eu pleiteei com aquele querido irmão; Eu estava quase em lágrimas. Mas ele não fez nada sobre aquilo. Seus filhos cresceram, e seu filho mais velho se casou. Infelizmente, seu filho não conhecia nenhuma outra forma para agir exceto como seu pai.

Os filhos não somente herdam características físicas, mas eles também adquirem personalidades e comportamentos dos seus pais. Você tem tentado corrigir seus próprios filhos? Muitas vezes você se vê neles, mas eles têm herdado suas mesmas características. Eles agem como você, e parecem com você. Eles são seus filhos!

Deste modo este filho tinha um temperamento exatamente como o do seu pai. Quando ele ficava furioso, ele batia na sua esposa, e ela ia para a casa dos pais dela. Depois de três ou quatro anos de casamento, a mesma coisa ainda estava acontecendo. Eles estavam numa igreja durante um tempo, clamando a vitória. E quando eles ficavam furiosos um com o outro, nenhum deles ia à igreja.

Porque este rapaz não podia controlar seu temperamento, ele também não conseguia controlar nenhum dos seus apetites físicos – exatamente como seu pai. Sua esposa suportou esta situação o quanto pôde, mas, finalmente ela o deixou, e voltou para a casa dos seus pais.

Este rapaz pensou sobre o que sua esposa tinha feito e decidiu ir à casa dos pais dela. Ele pensou: Estou indo lá pegá-la; é o que vou fazer! Depois de tudo, ela é minha! Assim sendo, quase às 10:00 da noite, ele foi lá e começou a bater na porta.

Ele disse para seu sogro: “Eu vim buscar minha esposa”.

Seu sogro disse: “Ela não vai!”. Seu sogro não abriu a porta completamente; ele somente abriu uma abertura estreita.

O marido disse: “Eu derrubarei a porta abaixo, se tiver que fazer isto. Eu vim buscá-la e vou levá-la para casa. A Bíblia diz que o marido é o cabeça da esposa, e ela vai fazer o que eu disser para ela fazer!”.

Enquanto ele estava derrubando a porta abaixo, seu sogro pegou uma espingarda e o matou. Esta é uma história triste. Mas vinte anos antes disto, eu conversei com o pai deste garoto, acerca do que seus filhos estavam se tornando. Eu tentei persuadi-lo a fazer algumas mudanças, mas ele não ouviu.

Se você não dominar estas coisas, você as colherá na sua própria vida, e as colherá na vida dos seus filhos. Se você não pode dominar seu temperamento, você não será capaz de dominar seus apetites físicos – nenhum deles!


Primeira Coríntios 9.27 diz: “Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”.

(Do Livro Casamento, Divórcio e Novo Casamento)













HOMENAGEM AOS PAIS NA ESCOLA

Com antecedência a escola enviou os comunicados que haveria uma homenagem especial aos Pais dos alunos que ali estudavam.

E eles contentes da vida trouxeram os comunicados. Entregou ao pai. A mãe apenas observava de longe, cuidando de seus afazeres na cozinha. Cuidando da sua família. Ele recebeu os comunicados. E os filhos ficaram tagarelando, na maior empolgação:

“- Pai, é uma festa para todos os pais. Vai ter bolo!”

Quanta inocência, pureza e esperança...

O pai, apenas os afasta para o lado e joga os comunicados em cima da estante. Mas eles não desistem e levam os comunicados para a mãe, que com os olhos em lágrimas e um sorriso forçado nos lábios diz:

“_ Que legal! Nós vamos!”

Finalmente chegou o tão esperado Dia dos Pais – a festinha especial preparada na quadra da escola.

O pai, não foi. Os filhos, alunos, ficaram tristes. Coisa que já deviam estar acostumados... Mas a "super mãe" resolveu a situação.

A mãe naquela manhã decidiu não trabalhar. Avisou que chegaria mais tarde, pois tinha que ir à escola dos filhos.

Ela se vestiu com uma calça e blazer com a intenção de não ficar tão deslocada no meio de tantos “Pais” homens. E solidária com os filhos que queriam tanto ir à festinha de homenagem aos Pais. Eram muitos e muitos pais com seus filhos. Somente uns 3 filhos estavam com as mães, sendo que eram mães solteiras e outra que o pai não poderia ir...

Diante da cena, os filhos meio constrangidos olharam para a mãe e ficaram como quem envergonhados, se esquivando para que os coleguinhas não percebessem que o PAI DELES não foi para a festa em homenagem a ele. E quem foi, tinha sido a mãe, vestida de calça comprida...

Com lágrimas nos olhos, a mãe se segurava um pouco mais distante, para que eles ficassem à vontade...

Quando a festinha terminou a mãe se despediu; os alunos voltaram para a sala de aula. A mãe para o trabalho.

E assim se passou mais uma data especial sem a presença DO PAI...


VOCÊ PODE VISLUMBRAR ESSA CENA?


EU POSSO!...